quarta-feira, abril 11, 2007

Linda obra de engenharia, mas poderá o OLPC mudar o mundo?

Vai aí do Paul Lamb, post no Smart Mobs sobre o "Um Laptop por Criança", OLPC, como é conhecido em inglês.
Cita um outro artigo na Spectrum, que pergunta: "Nicholas Negroponte's $100 laptop is a sweet piece of engineering. But can it really change the world?"
Estou realmente na expectativa para ver o que vem pela frente com este projeto. Confesso que fico me segurando para não malhar, pois minha tendência é pensar na frouxidão com que tudo isso vai se dando, projeto pedagógico não evidenciado, pouco envolvimento dos professores, nenhuma clareza em relação à suporte, etc. É uma certa cultura do espontaneísmo que e incomoda: de o livro na mão que o aluno aprende a ler. Educação é mais do que isso.
Em todo caso, talvez minha intuição esteja equivocada, e a grande quantidade de máquinas circulando na mão da meninada realmente venha a ampliar as possibilidades de criação. Tomara.
De qualquer jeito, fiquei feliz em saber que há um pessoal na Faculdade Cásper Líbero, entre eles o Sérgio Amadeu, que está começando a discutir mais profundamente as implicações comunicacionais da distribuição de OLPCs. Pensar, estudar, pesquisar, isso tudo ajuda muito...

"There is an excellent article in IEEE Spectrum about the One Laptop Per Child $100 computer and the effort to distribute 100 million of these laptops in the developing world over the next several years. The scope of the project is amazing..."By any standard, the numbers are enormous: 100 million laptops is double the number produced annually throughout the world today. Simply meeting that target would almost surely cause global shortages of liquid-crystal displays and other key components."

The engineering in the laptop is supposed to be stunning, including a switchable grey to color screen viewable in direct sunlight, manual battery charging capabilities, low power requirements in the 3 Watt range (standard laptops require 30 Watts on average), and a battery charge of up to 25 hours. The user interface is also receiving great praise, along with features that allow the device to serve as a game console, home theatre, e-book, and more. The laptop is wireless and can connect with others to create a wireless mesh network.

I love the fact that these devices will likely be dolled out directly to kids themselves, and perhaps leapfrog beauracratic interferences by educational and other institutions. It will no doubt be an interesting experiment in techno-democracy and individualized learning. At the same time, one wonders how these devices will be maintained and supported for repairs, upgrades, etc.? Also wondering if, by the time they come fully on line, cell phone and other cheaper mobile device technology will make them obsolete???

Gotta ask also, WHY WE AREN'T LOOKING AT LOW COST COMPUTING FOR THE MANY THIRD WORLD NEIGHBORHOODS IN THE DEVELOPED WORLD TOO???"

Etiquetas: , , , , ,

3 Comments:

Blogger Andrea DC said...

Olá Lilian
Obrigado pela visita no meu blog. é sim já tinha lido esta materia do aceesa sp. Na pós em Informática na Educação (CINTED/UFRGS) temos sempre para o assunto da semana um fórum onde os colegas disponibilizam vários sites de auxilio e pesquisa e este seu e o do seninha constavam por lá, mesmo assim valeu a dica, pois a pagina inicial do navegue protegido ainda n tinha visto. Até ja repassei o endereço para os demais colegas, sempre q tiver algo novo, entra em contato, desdeja agradeço. Abraços Andréa

3:42 da tarde  
Anonymous Miriam said...

Oi Lilian!
Acho muito séria essa questão do pouco envolvimento dos profesores na elaboração de material para o XO. Penso que deveria haver uma parceria séria entre o pessoal de tecnologia e o pedagógico... para que os aplicativos, jogos, etc fizessem a diferença na educação dos meninos e meninas que vão utilizar o computador! O que me anima é pensar que a professora Lea Fagundes está envolvida no projeto!
Um abraço
Miriam

10:32 da manhã  
Blogger Fisica no CP2 Engenho Novo said...

Olá Lilian!

O OLPC é um projeto pedagógico determinando um Hardware... só dá uma espiada no wiki do projeto que você descobre o projeto pedagógico!

Penso que estes dispisitivos (ques são ferramentas de comunicação) poderão ser catalizadores para a reivençao da escola! Pois possibilitam que o centro da escola seja o aluno e as aprendizagens e não o professor e o ensino!

Se os professores estarão preparados para isso?

Os professores estão preparados para a Era da Informação?

Só há duas maneiras de introduzilos nesta nova Era! Introduzindo ferramentas de comunicação no cotidiano escolar e compartilhando as experiências dos mesmos em abientes de documentação e compartilhamento!


É ruptura de paradigma! É revolução!

12:54 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Get Free Shots from Snap.com/html>