terça-feira, outubro 14, 2008

O produto é o processo

Tenho contado aqui sobre a finalização do doutorado. Ontem foi a defesa, não imaginei demandasse tanta energia, mas isso é sinal de que o trabalho foi lido e suscitou opiniões. É engraçado esse ritual de passagem: todos os arguidores elogiaram muito o texto, por sua pertinência, originalidade, organicidade entre referencial teórico e metodologia, qualidade do texto. Ótimo, bom reconhecimento após todo esse tempo de leitura, debate, angústias e criação. E aí começa a funcionar a "ativa compreensão responsiva", é hora da réplica desses outros pesquisadores, e surgem inúmeras outras associações. Foram muitas, e sei que vou precisar tomar meu tempo para considerá-las e compreender os avanços ao tipo de trabalho que propus, à medida que eu dê conta de contemplá-las.
Por outro lado, com o anúncio do lançamento da Univesp, não houve como dissociar o tema da tese (interação de professores em fóruns eletônicos)das discussões que há na Universidade sobre como dar conta desse desafio. Como disse lá, acho que há muitas coisas no trabalho que contribuem para a formulação de projetos bem cuidados de EAD e formação de educadores. Claro que não estamos falando do caminho das pedras, mas de pressupostos que, se contemplados, contribuirão muito para a existência de propostas coerentes e consistentes.
Hoje de manhã encontrei um caderno aqui no escritório, e ler algumas anotações me deixou feliz: foram idéias reafirmadas ontem ao longo do debate.
Aí vão:
- "O produto é o processo" (Wertsch, 1979)
- o "caos organizado do fórum", o convívio com a emergência de temas, demanda um aprendizado para suportar e usufruir desse espaço de relacionamentos.
- no fórum, não há problema se falarem todos juntos, pois a escuta, diferentemente da expressão oral, não requer monopólio da atenção, sob pena de que se inviabilize a compreensão da mensagem.
- na comunicação dialógica, eu crio um referencial de processos que me permitem sair de afirmações lacradas e ampliar o universo de hipóteses que auxiliem a responder às minhas inquietações.

2 Comments:

Anonymous jaciara said...

Lilian,

Queria muito ter comemorado contigo mais esta conquista, mas não pude ficar até o final da sua defesa (menina, 5 hs?!) porque tinha um compromisso.

Saí com o sentimento de que sua tese contribui MUITO para a grande questão que se apresenta hoje, segundo o Prof. "Ori": "Como o elemento da mediação dá conta de formar o professor na EaD?".

A questão é por demais complexa e, no fundo, talvez estejamos, cada um em suas pesquisas, atrás da mesma resposta: como formar a PESSOA, em toda a suas dimensões.

Ao que me parece, os fóruns eletrônicos são o principal espaço de formação e, portanto, sua investigação "cai como uma luva" às nossas necessidades.

Agora é colher os louros!

bjs jaci
(Cheia de expressões comuns)

9:55 da tarde  
Blogger Lilian said...

Ô Jaci, foi muito bom ver vc lá.
Acho que à medida que fomos avançando nesses estudos (e que eles forem lidos e considerados...), há possibilidades de promover processos de formação mediados por TIC em que haja espaço para a interação dialógica. E a batalha é que sejam esses os compromissos centrais de quem está anunciando oportunidades de formação, e não exibir números...
abços e obrigada!

11:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Get Free Shots from Snap.com/html>