sábado, setembro 06, 2008

O poder de organizar sem organizações

A semana foi boa de leituras, e tive a sorte de chegar a três obras bem instigantes.
Um delas foi o Here comes everybody: the power of organizing without organizations, do Clay Shirky. Já tinha lido sobre o lançamento, mas encomendei o livro por sugestão do prof. Imre Simon, que estará na banca da minha defesa de tese e sugeriu essa leitura como inspiração. Ele acertou, pois o Shirky está tratando das formas como o uso das tecnologias da informação e comunicação alteram as articulações sociais e proporcionam oportunidades diferenciadas de ação conjunta. E isso realmente me interessa, pois um movimento importante do meu estudo é olhar para o que muda na ação humana de acordo com as "ferramentas culturais" utilizadas, como propõe o James Wertsch. E celulares, fóruns, msn, videos, etc, são todos ferramentas culturais.
Segue um trecho do livro do Shirky:
"Here's where our native talent for group action meets our new tools. Tools that provide simple ways of creating groups lead to new groups, lot's of new groups, and not just more groups, but more kinds of groups. (...) We now have communication tools that are flexible enough to match our social capabilities, and we are witnessing a rise of news ways of coordinating action that take advantage of that change. These communication tools have been given many names, all variations of one theme: "social software", "social media", "social computing" and so on... Though there are some distinctions between these labels, the core idea is the same: we are living in the middle of a remarkable increase in our ability to share, to cooperate with one another, and to take collective action, all outside the framework of traditional institutions and organizations".p.20

Etiquetas: , , , ,

1 Comments:

Anonymous hdhd said...

esse livro é muito bom... continuando http://comunix.org/content/group-effort

8:43 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Get Free Shots from Snap.com/html>